A mente que mente é regador de ilusões não faz proliferar jardim...

Amigos que agente faz por ai...

segunda-feira, dezembro 31, 2012

Aos meus Amigos...♥⊱╮
aos Judeus,Cristãos e Mulçumanos,aos Mouros, 
Hindus e Budistas,e aos Ecologistas militantes,
aos Celtas,índios,beduínos,
Esquimós,Pigmeus,
___(aos eventuais alienígenas),
aos peregrinos,
aos Românticos,aos ateus,aos Poetas errantes,
aos bem resolvidos e aos que sofrem
os do mundo excluídos,os encarcerados,
os terminais e delirantes
ao Velho e à Criança,
aos que lutam aos que tem coragem
aos que não se preocupam com a opinião alheia
aos que sorriem mesmo qdo querem chorar e aos que choram querendo sorrir
aos que acham a vida bela
aos que não tem vergonha do que pensa
aos que entendem o não e não o sim
a quem acha um dia de chuva lindo
a quem gosta do belo mas reconhece o feio
a quem é dono das suas próprias verdades
a quem tem vontades
a quem se permite e não quer viver de aparências ou a quem gosta das aparências
a quem defende assim como eu o DIREITO DE SER
a quem acompanha o tia da creche (http://tiadacreche.blogspot.com.br/)
aos meus irmãos que estão longe mais sempre perto
ao meu sobrinho que é um pouco meu filho
a minha mãe..."como é grande o meu amor por vc"
a minha irmã mulher de fibra "um filho teu não foge a luta"
a meus filhos "minhas vidas,meus amores"
ao meu companheiro "Obrigada"
aos amigos que me acompanharam durante todo o ano de 2012 e outros que estão comigo a muito mais tempo,
aos novos e os velhos amigos
aos que eu esqueci mais que meu coração sempre lembra
A todos amor,saúde,paz...muitas chances para recomeçar...

Bjs
Feliz 2013

domingo, dezembro 30, 2012

Vamos ajudar!!!


Em abril deste ano (2012) a Sheyla ( https://www.facebook.com/sheyla.calaca ) descobriu que está com tuberculose comecou a fazer o tratamento mas comum que tem em todos os postos de saúde,em 26 de maio foi internada no hospital esperança com algumas complicações,como perda de peso,vomitando sangue e outros mas,depois de fazer muitos exames descobrimos que os remédios que eu estava tomando não estava fazendo efeito pois a bactéria é resistente,então passei 24 dias internada e comecei um novo tratamento,aparentemente melhorei muito parei de vomitar,a febre foi embora e comecei a recuperar peso(eu havia perdido 11kgs),então depois de todos esses dias recebi alta.Comecei a refazer meus exames e tudo parecia bem,os meus exames mostravam que eu estava bem e que eu não transmitia mas a doença,como disse tudo aparentemente bem,no final do mês de outubro voltei a sentir dores nas costas e no peito na altura do pulmão,então descobrimos que o tratamento que eu estava fazendo não foi forte o suficiente para matar a bactéria que é muito resistente,não existem muitos casos desse aqui em Recife.Minhas médicas descobriram um terceiro tratamento para que possamos conseguir chegar a minha cura,começamos a fazer pesquisas e descobrimos que existem provas que esse tratamento realmente pode da certo,mas para minha decepção aqui no Brasil não tem um dos remédios que preciso,mas o problema não para por ai,para comprar fora é a maior dificuldade,fora esse preciso de mas cinco,desses cinco,dois só tem no SUS,não tem como comprar,então fui em vários postos de saúde para vê se conseguia o remédio e nada. Em meio tantas dificuldades entramos com uma ação na justiça contra a SECRETARIA DE SAÚDE,com poucos dias saiu a liminar a meu favor,na liminar dizia que eles teriam cinco dias para me fornecer o remédio.Então depois de três dias liguei para falar com a advogada da secretaria de saúde e ela me informou que eles não tem o remédio disponível e que no mês de dezembro eles não fazem compras de remédios por ser um mês de balanço,falou que eu não me preocupasse porque eles pagariam a multa,mas eu não tenho interesse nenhum na multa,o que eu realmente preciso é dos remédios.PESSOAL ME AJUDEM A COMPARTILHAR ESSA HISTÓRIA,PRECISO QUE CHEGUE ATÉ AS AUTORIDADES PARA VÊ SE ELES PODEM FAZER ALGUMA COISA POR MIM.Estou com muita vontade de vencer,tenho um filho lindo de apenas 7 anos que precisa muito de mim,casei a 7 meses e sei que tenho muito o que viver ainda.Imaginem minha situação você saber que existe um tratamento que pode te deixar boa e você não pode tê-lo porque as pessoas não fazem nenhum esforço para que você possa conseguir,a saúde do Brasil é uma vergonha.Quanto mas eu demoro a tomar os remédios mas as coisas vão complicando já sinto dores,a febre está voltando,aos poucos os sintomas estão voltando.COMPARTILHEM POR FAVOR!
 — em Recife, Pernambuco, Brasil
Venho pedir a todos uma ajuda para ver se essa história chega as autoridades do Brasil.

Em abril deste ano (2012) a Sheyla ( https://www.facebook.com/sheyla.calaca ) descobriu que está com tuberculose comecou a fazer o tratamento mas comum que tem em todos os postos de saúde,em 26 de maio foi internada no hospital esperança com algumas complicações,como perda de peso,vomitando sangue e outros mas,depois de fazer muitos exames descobrimos que os remédios que eu estava tomando não estava fazendo efeito pois a bactéria é resistente,então passei 24 dias internada e comecei um novo tratamento,aparentemente melhorei muito parei de vomitar,a febre foi embora e comecei a recuperar peso(eu havia perdido 11kgs),então depois de todos esses dias recebi alta.Comecei a refazer meus exames e tudo parecia bem,os meus exames mostravam que eu estava bem e que eu não transmitia mas a doença,como disse tudo aparentemente bem,no final do mês de outubro voltei a sentir dores nas costas e no peito na altura do pulmão,então descobrimos que o tratamento que eu estava fazendo não foi forte o suficiente para matar a bactéria que é muito resistente,não existem muitos casos desse aqui em Recife.Minhas médicas descobriram um terceiro tratamento para que possamos conseguir chegar a minha cura,começamos a fazer pesquisas e descobrimos que existem provas que esse tratamento realmente pode da certo,mas para minha decepção aqui no Brasil não tem um dos remédios que preciso,mas o problema não para por ai,para comprar fora é a maior dificuldade,fora esse preciso de mas cinco,desses cinco,dois só tem no SUS,não tem como comprar,então fui em vários postos de saúde para vê se conseguia o remédio e nada. Em meio tantas dificuldades entramos com uma ação na justiça contra a SECRETARIA DE SAÚDE,com poucos dias saiu a liminar a meu favor,na liminar dizia que eles teriam cinco dias para me fornecer o remédio.Então depois de três dias liguei para falar com a advogada da secretaria de saúde e ela me informou que eles não tem o remédio disponível e que no mês de dezembro eles não fazem compras de remédios por ser um mês de balanço,falou que eu não me preocupasse porque eles pagariam a multa,mas eu não tenho interesse nenhum na multa,o que eu realmente preciso é dos remédios.PESSOAL ME AJUDEM A COMPARTILHAR ESSA HISTÓRIA,PRECISO QUE CHEGUE ATÉ AS AUTORIDADES PARA VÊ SE ELES PODEM FAZER ALGUMA COISA POR MIM.Estou com muita vontade de vencer,tenho um filho lindo de apenas 7 anos que precisa muito de mim,casei a 7 meses e sei que tenho muito o que viver ainda.Imaginem minha situação você saber que existe um tratamento que pode te deixar boa e você não pode tê-lo porque as pessoas não fazem nenhum esforço para que você possa conseguir,a saúde do Brasil é uma vergonha.Quanto mas eu demoro a tomar os remédios mas as coisas vão complicando já sinto dores,a febre está voltando,aos poucos os sintomas estão voltando.COMPARTILHEM POR FAVOR!

sábado, dezembro 29, 2012

Professores - O PIOR SALÁRIO ENTRE O MAL PAGO FUNCIONALISMO PÚBLICO



Situação evidencia política de destruição do ensino público levada adiante pelo governo tucano




Apesar de toda a propaganda enganosa sobre a prioridade dada à Educação pelo governo Geral Alckmin, do PSDB, e seus antecessores (da mesma forma que na maioria das cidades e Estados), os salários pago aos professores da rede estadual paulista não deixam dúvidas de que não só não há nenhuma prioridade para a Educação, com há – de fato – uma política de sucateamento do ensino público e de ataque constante aos educadores.

O problema não é falta de dinheiro

Mesmo sendo o Estado mais rico da federação, possuir um PIB per capita equivalente aos países mais ricos do mundo e um dos maiores orçamentos públicos per capita do mundo (diante dos elevados impostos pagos pela população trabalhadora), São Paulo não só paga aos mestres os salários mais baixos entre os trabalhadores com exigência de formação superior (o que é comum a todo mercado de trabalho em geral), como paga também aos docentes os piores salários entre os próprios servidores públicos do Estado, incluindo dezenas de carreiras sem qualificação superior.

Comparando-se os salários dos professores com os de profissionais com qualificação técnica e superior de todos os órgãos do governo, eles ocupam sempre o último lugar, mesmo entre aqueles que tem jornadas inferiores aos dos mestres (40 horas semanais, para os PEB II e 30 horas semanais para os PEB I).

Uma rápida análise põe por terra qualquer argumento “técnico” do governo, como o salário mais baixo do professor estaria justificado pelo tamanho da categoria. A desculpa esfarrapada seria a de que como há muitos professores, seria impossível pagar salários mais elevados. Um exemplo de “prioridade” do governo fica estampado na comparação com os órgãos de repressão do governo. Um cabo da PM, por exemplo, tem vencimentos líquidos médios de R$ 4 mil, enquanto uma professora PEB I , responsável pela alfabetização e primeiros anos do ensino fundamental – fase decisiva na formação da criança – tem vencimentos da ordem de R$ 1.300. Qualquer soldado em fase inicial de carreira tem vencimento inicial superior a R$ 2 mil.

Entre os oficiais (que teriam formação superior, como é exigido de todos os professores), o salário médio de um tenente supera R$ 6 mil mais de 300% superior ao de um Professor de Ensino Básico II (PEB II) que leciona para os jovens do ensino médio e do segundo ciclo do ensino fundamental (5ªs. à 8ªs. séries do ensino fundamental).

O aperto no orçamento – que deve ser cada vez mais usado nos próximos anos, para negar reajustes para os educadores, também não tem qualquer base real. Nos últimos seis anos – de acordo com dados oficiais - o orçamento do Estado cresceu cerca de 100%, ou seja, dobrou; mesmo com a doação de recursos públicos feitas pelo governo para os grandes monopólios capitalistas por meio de isenções e benefícios fiscais concedidos a montadoras, usineiros, “tubarões do ensino” privado etc.

O orçamento estadual cresceu e com ele o orçamento da Educação (25% do orçamento estadual), mas os salários dos professores continuaram diminuindo congelado por vários anos e com reajustes abaixo da inflação em outros.

Para onde vão os recursos?

Alguma “valorização” na Educação, somente para uma minoria de burocratas da educação, como dirigentes e supervisores que tem como missão oficial perseguir os professores e defender a política reacionária do governo contra a Educação.

A situação de miséria salarial de professores e funcionários das escolas contrasta com a farta distribuição de recursos da Educação para todo tipo de monopólio privado do ensino e de outras áreas. São bilhões entregues para empreiteiras em obras superfaturadas – enquanto milhares de escolas continuam caindo aos pedaços; bilhões distribuídos para empresas terceirizadas que vendem de tudo para o Estado a preços exorbitantes, desde mochilas e material escolar superfaturados (chovem as denuncias no Ministério Público e outros), até compra de equipamentos obsoletos de informática e milhares de assinaturas de órgãos de imprensa que fazem apologia da politica anti-educacional do governo tucano, como a Revista Veja e o jornal Folha de S. Paulo.

A luta pela necessária reposição das perdas salariais (apenas a reposição de perdas elevaria o salário básico do professor para R$ 20 por hora/aula, ou R$ 4.000, por 40 horas semanais) se combina, portanto, com a necessária denuncia da política de privatização dos recursos da Educação e de financiamento – pelo Estado – do comércio da Educação levado adiante pelos magnatas do ensino privado.


terça-feira, dezembro 25, 2012

sexta-feira, dezembro 21, 2012

PORTARIA QUE DISPÕE SOBRE ELABORAÇÃO DOS CALENDÁRIOS ANUAIS DAS ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DE ENSINO- ANO LETIVO 2013 D.O.E. - 21/12/2012 – PAG.36


Portaria Conjunta CGEB/CGRH, de 20-12-2012.
As Coordenadorias de Gestão da Educação Básica e de Gestão de Recursos Humanos, considerando o disposto na Resolução SE – 44, de 7 de julho de 2011, com dispositivos alterados pela Resolução SE – 84, de 22-12-2011, que dispõe sobre a elaboração dos calendários anuais das escolas da rede estadual de ensino, expedem a presente portaria:

Artigo 1º - Na elaboração do calendário para o ano letivo de 2013, as escolas estaduais paulistas observarão:
I – o início das aulas regulares no dia 01-02-2013;
II – o encerramento das aulas regulares do 2º bimestre, no dia 28-06-2013;
III – o início das aulas regulares do 2º semestre no dia 01-08-2013, e seu término, quando se completarem efetivamente os 200 (duzentos) dias de efetivo trabalho escolar, conforme determina o inciso I do artigo 24 da Lei 9394/96 – LDB.
IV – férias docentes nos períodos de 1º a 15 de janeiro e de 1º a 15 de julho;
V – atividades de planejamento/replanejamento, avaliação, revisão e consolidação da proposta pedagógica, que ocorrerão, no 1º semestre em 13, 14, e 15 de fevereiro e em 30 e 31 de julho;
VI – período para o processo inicial de atribuição de aulas, de 23 a 31-01-2013;
VII – dia 10 de abril para realização das atividades do dia “D” da Autoavaliação Institucional, conforme orientações a serem divulgadas oportunamente;
VIII – dia 30 de abril para o desenvolvimento das atividades de reflexão e discussão dos resultados do SARESP;
IX - dias 25 de maio e 19 de outubro para realização das atividades do evento ”Um dia na escola do meu filho”;
X - reuniões do Conselho de Escola e da Associação de Pais e Mestres;
XI - reuniões bimestrais de Conselho de Classe/Série e de pais de alunos e XII - recesso escolar:
a) de 16 a 31-01-2013;
b) de 16 a 29 de julho, e
c) em dezembro, após o encerramento do ano letivo.
§ 1º - Os dias destinados às atividades relacionadas nos incisos V, VII, VIII, IX e X, deste artigo são considerados como de efetivo trabalho escolar.
§ 2º - A unidade escolar não deverá, na organização de suas atividades escolares, prever a participação dos alunos nos meses de janeiro e de julho.
§ 3º - O detalhamento da atividade prevista no inciso VI deste artigo, constará de Portaria a ser expedida pela Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos.
§ 4º - Qualquer alteração no calendário escolar homologado, independentemente do motivo que a determinou, deverá, após ratificação pelo Conselho de Escola, ser submetida à apreciação do respectivo Supervisor de Ensino e à nova homologação pelo Dirigente Regional de Ensino.
Artigo 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação

Ferias, atribuição de aulas, volta às aulas, dia do saresp, planejamentos. 2013

Atribuição de aulas
23 a 31 de janeiro 2013

Férias de 1 a 15 de janeiro
e de 1 a 15 de julho

Planejamento de 1º semestre, 13,14,15 de fevereiro

Planejamento escolar do 2º semestre 30 e 31 de julho

Dia "D" da Autoavaliação: 10 de abril

Avaliação dos resultados de Saresp: 30 de abril

Volta às aulas
1 de fevereiro

Fim do 1º semestre

28 de junho

Início das aulas  2º semestre
1 de agosto


http://cidadedemarilia.blogspot.com.br/2012/12/ferias-atribuicao-de-aulas-volta-as.html?spref=fb














quarta-feira, dezembro 19, 2012

Papo de mãe: CARTILHA DE ADOÇÃO – OAB/SP

Papo de mãe: CARTILHA DE ADOÇÃO – OAB/SP

Reticências da Larissa...: Caderno de jogos do livro de alfabetização Alegria...

Reticências da Larissa...: Caderno de jogos do livro de alfabetização Alegria...:       Este caderno é um anexo do livro de alfabetização Alegria do Saber. Você pode baixar na versão Power Point/PDF ou imagem por imagem. ...

Coleção Ciranda das Diferenças II

Coleção da autora Márcia Honora e da ilustrado Lie A. Kobayashi, foi publicado pela editora Ciranda Cultural.


Segue aqui a lista de links para cada livro, onde você encontrará:

O livro digitalizado em imagens do tipo JPG;
O texto do livro digitado e em versões prontas para imprimir em letra cursiva e script;
Link para o vídeo no You Tube com a narração do livro em português brasileiro, tradução em LIBRAS, legendas e ilustrações;
Texto informativo sobre a deficiência ou doença tratada no livro;
Imagens para colorir.Veja tudo isso nos seguintes links:


A Fragilidade de Rebeca - Osteogênese Imperfeita (ossos de vidro)

As Preferências de Rubinho - Paralisia Cerebral

Fred, o Papagaio Cantor - Gagueira

O Mundo de Leonardo - Autismo

O Treinamento de Patrícia - Surdocegueira

Os Esquecimentos do Vovô Bartolomeu - Alzheimer

Os Passos de Luana - Mielomeningocele

Um Jardim só Para Matias - Diabetes

Uma Missão Possível - Dislexia

Uma Zebra Legal - Hidrocefalia





http://reticenciasdalarissa.blogspot.com.br/2012/12/colecao-ciranda-das-diferencas-ii.html

sábado, dezembro 15, 2012

Duas tragédias: o tiroteiro nos EUA e a cobertura da mídia


Tenho certeza de que todos estão estarrecidos com o que aconteceu ontem em uma escola no estado de Connecticut, nos Estados Unidos. Segundo a polícia, um jovem invadiu uma escola atirando e matou, ao menos, 20 crianças.
Tragédia enorme para os pais e para todos os que conseguem imaginar o que seja passar por esse tipo de situação.
Terrível, também, é a cobertura que a mídia local tem dado ao acontecimento. Já não é a primeira vez que insinuam que um atirador desse tipo deve ter autismo. Isso aconteceu, também, no tiroteio do cinema em Aurora, no Colorado, em Julho passado. E, em ambos os casos, uma certeza: as afirmações de que os assassinos "deveriam estar no espectro do autismo" foram feitas sem nenhum tipo de prova concreta.
Ontem à noite, no calor dos acontecimento, a CNN convidou um "expert" (desses psiquiatras que adoram aparecer na tv) chamado Xavier Amador para falar sobre o perfil do assassino. Esse sujeito disse, dentre outras coisas, que um “sintoma de autismo” é que “tem alguma coisa faltando no cérebro, a capacidade de sentir empatia, a conexão social, o que deixa a pessoa que sofre dessa condição inclinada à depressão profunda e ansiedade".
E, ao discutir o papel de uma condição mental na tragédia, ele culpou o "possível" autismo do assassino. Aí está o vídeo da tal entrevista para quem quiser ver:
[youtube_sc url="http://www.youtube.com/watch?v=VO5Khplf2_M" modestbranding="1" border="1" rel="0"]

Pra começar, não tem nada faltando no cérebro das pessoas autistas! Nunca vou saber de onde essa pessoa tirou isso...
E, sem me alongar mais, gostaria só de deixar claro que a afirmação de que autistas não sentem empatia É FALSA. Psicopatas não têm empatia! Os autistas sofrem da dificuldade em expressar ou verbalizar os sentimentos...o que não quer dizer que eles não os tenham!
Sair inferindo que todos os assassinos em massa por aí são autistas é totalmente injusto, incorreto e perigoso. Autistas, em geral, são muito mais vítimas do que causadores de violência.
Autistas não representam perigo para a sociedade. Esse tipo de disseminação errônea, sim.
Pessoas ruins cometem atos bárbaros. E isso independe de serem neurotípicas ou autistas.
A ASAN (Autistic Self Advocacy Network) enviou uma carta formal aos meios de comunicação sobre o ocorrido. A tradução (livre) segue abaixo:

Declaração da ASAN sobre as reportagens da mídia acerca do tiroteiro em Newtown

14 de Dezembro de 2012
Em resposta às recentes reportagens da mídia que afirmam que o atirador de Newtown, Connecticut, pode ter sido diagnosticado no espectro do autismo ou com um transtorno psiquiátrico, a Autistic Self Advocacy Network (ASAN) formulou a seguinte declaração hoje:
“Nossos corações estão com as vítimas do massacre de hoje na Sandy Hook Elementary School em Newtown, Connecticut, e com suas famílias. Reportagens recentes na mídia têm sugerido que o causador dessa violência, Adam Lanza, pode ter sido diagnosticado com a Síndrome de Asperger, condição pertencente ao espectro do autismo, ou com outro transtorno psiquiátrico. Em qualquer dos casos, é imperativo que, enquanto estivermos em luto pelas vítimas dessa horrível tragédia, os comentaristas e a mídia evitem criar links inapropriados e infundados entre autismo e outras deficiências e violência. Os autistas americanos e os indivíduos com outras deficiências não são mais passíveis de cometer crimes violentos que pessoas sem deficiência alguma. Na verdade, as pessoas com todos os tipos de deficiências, incluindo o autismo, são muito mais passíveis de serem vítimas de crimes violentos do que autores destes. Se for provado que o atirador de hoje foi, de fato, diagnosticado no espectro autista ou com qualquer outro transtorno, os milhões de americanos com deficiências não devem ser relacionados às suas ações, tanto quanto a população que não possui deficiência não deve ser relacionada aos atos dos atiradores sem deficiência.
A violência de hoje foi ato de um indivíduo. Nós pedimos à mídia, ao governo e aos líderes comunitários para levantaram suas vozes contra qualquer tentativa espúria de linkar os autistas ou a comunidade de pessoas com deficiências aos crimes violentos. Os autistas americanos e outros grupos de pessoas com deficiências continuam sofrendo discriminação e segregação nas escolas, no ambiente de trabalho e na comunidade em geral. Nesse tempo terrível, nossa sociedade não deveria estigmatizar nossa comunidade ainda mais. Como nossa grande nação fez tantas vezes no passado, vamos nos unir para, ao mesmo tempo, sofrer pelos mortos nesse ato de homicídio hediondo, e defender todos os moradores do país  do flagelo do estigma e do preconceito".

recebido por email: lagartavirapupa.com.br

sexta-feira, novembro 30, 2012

Olá pessoal venho pedir a ajuda de todos vocês amigos do tia da creche...

Esta mensagem esta circulando nas redes sociais segue abaixo email da mãe para quem puder dar alguma orientação...


O meu filho de 12 anos que tem problemas nos rins e TDAH faz uso do Ritalina.
Vem desde 2010 sofrendo agressões e Bullying na Escola Olindina Alves Semente que fica no bairro do Barro.
Desde que entrou na escola que sofre agressão já foi parar no hospital
com um corte na cabeça que levou 6 pontos ficou 12 horas sem sentir um lado do corpo e a escola até hoje não fez nada e nem sequer me
mostrou os culpados.
Ele levou uma surra dentro da sala de aula no horário de aula e mais uma 
vez ninguém da escola tomou nenhuma providencia, vem sofrendo Bullying
é constantemente agredido fisicamente e verbalmente pelos outros alunos
e até por professora.
Fui ao conselho tutelar de Areias e nada foi feito, mais uma vez meu filho 
vem apanhando isso mesmo apanhando dos alunos e a direção da escola
me falou que não pode fazer nada.
Sera que não tem ninguém que possa por um basta nessas agressões. 
Será que vou ter que excluir meu filho do mundo.
Não venho aqui pra pedir ajuda só pra meu filho mais também por todas as crianças que são espancadas, abusadas,reprimidas e
covardemente 
ameaçadas por esses delinquentes é esse é o nome mais adequado 
para as crianças vamos assim chamar que ameaçam, abusam sexualmente,
espancam nossos filhos dentro da escola.
Onde esta o governo que tanto fala de inclusão social mais não da
capacitação aos profissionais educadores, eles pensam que é só chegar 
e jogar nossos filhos na escola e pronto.
Meu filho tem TDAH e quantas crianças com autismo deficientes físicos,
e tantas outras deficiências eles não tem o direito de estudar aprender
e ser alguém na vida, será que eles tem que viver enclausurados dentro de
casa pra não afrontar a sociedade.
Por favor me ajudem compartilhem esse meu desabafo vamos lutar pelos 
nossos filhos temos que fazer alguma coisa agora pra que mais tarde nossas
crianças não sejam delinquentes também...
Muito obrigada pela atenção.
Quem poder me ajudar nessa batalha pode me ligar 81 84437784
ou pelo E-mail: cassia-13@hotmail.com
sou Cassia Rejane Mãe...
Foto: Olá pessoal venho pedir a ajuda de todos vocés amigos do facebook.
O meu filho de 12 anos que tem problemas nos rins e TDAH faz uso do Ritalina.
Vem desde 2010 sofrendo agressões e Bullying na Escola Olindina Alves Semente que fica no bairro do Barro.
Desde que entrou na escola que sofre agressão já foi parar no hospital
com um corte na cabeça que levou 6 pontos ficou 12 horas sem sentir um lado do corpo e a escola até hoje não fez nada e nem sequer me
mostrou os culpados.
Ele levou uma surra dentro da sala de aula no horário de aula e mais uma 
vez ninguém da escola tomou nenhuma providencia, vem sofrendo Bullying
é constantemente agredido fisicamente e verbalmente pelos outros alunos
e até por professora.
Fui ao conselho tutelar de Areias e nada foi feito, mais uma vez meu filho 
vem apanhando isso mesmo apanhando dos alunos e a direção da escola
me falou que não pode fazer nada.
Sera que não tem ninguém que possa por um basta nessas agressões. 
Será que vou ter que excluir meu filho do mundo.
Não venho aqui pra pedir ajuda só pra meu filho mais também por todas as crianças que são espancadas, abusadas,reprimidas e
covardemente 
ameaçadas por esses delinquentes é esse é o nome mais adequado 
para as crianças vamos assim chamar que ameaçam, abusam sexualmente,
espancam nossos filhos dentro da escola.
Onde esta o governo que tanto fala de inclusão social mais não da
capacitação aos profissionais educadores, eles pensam que é só chegar 
e jogar nossos filhos na escola e pronto.
Meu filho tem TDAH e quantas crianças com autismo deficientes físicos,
e tantas outras deficiências eles não tem o direito de estudar aprender
e ser alguém na vida, será que eles tem que viver enclausurados dentro de
casa pra não afrontar a sociedade.
Por favor me ajudem compartilhem esse meu desabafo vamos lutar pelos 
nossos filhos temos que fazer alguma coisa agora pra que mais tarde nossas
crianças não sejam delinquentes também...
Muito obrigada pela atenção.
Quem poder me ajudar nessa batalha pode me ligar 81 84437784
ou pelo E-mail: cassia-13@hotmail.com
sou Cassia Rejane Mãe...

quarta-feira, novembro 28, 2012

La Educación Prohibida é um documentário, produzido por diversos países latino-americanos, que questiona o a forma como os sistemas de ensino tradicionais estão organizados e como alunos e professores se vêem nele. Na tradição das pedagogias emancipatórias de Paulo Freire e das ecopedagogias críticas, La Educación Prohibida questiona, a partir do interior da escola, a legitimidade de sociedades democráticas manterem sistemas educativos reprodutivos que, nas palavras de um dos entrevistados, não pretendem formar cidadãos, mas antes súbditos obedientes do Estado. São 2h 25m e 19s de um excelente documentário a não perder por pais, alunos e (sobretudo) professores.

DICAS PEDAGÓGICAS: Livrinho de Formatura do ABC

DICAS PEDAGÓGICAS: Livrinho de Formatura do ABC: Observação, colocar as folhas nas ordem certa, pessoal. Fonte: net

domingo, novembro 25, 2012

Musiquinhas de Natal: Créditos para Hilary


Musiquinhas de Natal: Créditos para Hilary























Fonte: http://letramentoealfabetizacao.blogspot.com.br/2008/11/musiquinhas-de-natal-infantil.html


O Conteúdo de todos os links e arquivos que se encontram neste site estão hospedados na própria Internet, somente indico onde se encontram. Eles podem ser baixados apenas para teste, devendo o usuário apagá-lo ou comprá-lo após 24 horas.

ALMA DE EDUCADOR: ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO

ALMA DE EDUCADOR: ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: Material pedagógico para formação de professores na área de língua portuguesa que contribuísse para articular e sistematizar a discussão ace...

sábado, novembro 24, 2012

Datas: Classificação para atribuição 2013

O Coordenador da Coordenadoria de Gestão de Recursos
Humanos, considerando a necessidade de estabelecer datas
e prazos para a divulgação da classificação dos inscritos, no
referido processo, expede a presente Portaria.
Artigo 1º - A divulgação da classificação dos inscritos estará
disponível, exclusivamente no endereço http://drhunet.edunet.
sp.gov.br/Portalnet na seguinte conformidade:
I - Titulares de Cargo:
a) 26-11-2012 - divulgação da classificação na WEB;
b)26 a 28-11-2012 - prazo para interposição de recursos no
até às 23 horas do dia 28-11-2012;
c) de 26 a 30-11-2012 – deferimento/indeferimento dos
recursos no endereço acima pela DE;
d) 05-12-2012 - divulgação da Classificação Final pósrecursos;
e)15 a 23-12-2012 – deferimento/indeferimento - Artigo 22
pela DE, no endereço acima mencionado;
f) 02-01-2013 – divulgação da Classificação - Artigo 22;
g) 02 a 04-01-2013 – prazo para interposição de recursos
– Artigo 22;
h) 02 a 04-01-2013 – deferimento/indeferimento dos recursos
– Artigo 22, pela DE;
i) 08-01-2013 – divulgação da Classificação Final – Artigo 22.
II – Docentes das Categorias “P”, “N”, “F”, “O”e Candidatos
à contratação:
a) 14-12-2012 - divulgação da classificação na WEB;
b) 14 a 18-12-2012 - prazo para interposição de recursos,
horas do dia 18-12-2012;
c) de 14 a 19-12-2012 - digitação das decisões sobre os
recursos, no endereço acima, pela DE;
d) 21-12-2012 - divulgação da classificação pós-recursos;
Artigo. 2º - O docente poderá interpor Recurso:
I - Titulares de cargo:
a) Jornada de Opção
b) Pontuação
c) Habilitação e qualificação (outra licenciatura e/ou correlatas)
II – Docentes das Categorias “P”, “N”, “F” “O”e Candidatos
à contratação:
a) Quantidade de Aulas Pretendidas
b) Pontuação
c) Habilitação e qualificação (outra licenciatura e/ou correlatas)
Parágrafo único: No período destinado ao recurso, os candidatos
à contratação, deverão apresentar documentação comprobatória
na Diretoria de Ensino de inscrição, o docente Efetivo,
docentes Estáveis (nos termos da Constituição Federal/88 e nos
Termos da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT) e o abrangido
pelas disposições do § 2º do Art. 2º da LC 1.010/2007, na
unidade escolar de classificação.
Artigo. 3º - O aluno de último ano inscrito no Processo de Atribuição
de Classes/Aulas para o ano letivo de 2013 poderá no período
de 02 a 08-01-2013 entregar, na Diretoria de Ensino de inscrição,
documentos comprobatórios de conclusão do Curso -Diploma e/ou
Certificado de conclusão, exceto o aluno de último ano do Curso
de Educação Física e do Curso de Pedagogia, que somente poderá
comprovar a conclusão do Curso mediante Diploma.
Artigo. 4º - A Diretoria de Ensino deverá registrar a atualização
dos docentes mencionados no artigo 3.º, no sistema PAEF/
JAT, no período de 02 a 11-01-2013.
Artigo. 5º Esta Portaria entra em vigor na data de sua
publicação.

sábado, 24 de novembro de 2012
Diário Ofi cial Poder Executivo - Seção I
São Paulo, 122 (220) – 67

quarta-feira, novembro 21, 2012

Definição de Saudade!


"Como médico cancerologista, já calejado com longos 29 anos de atuação profissional (...) posso afirmar que cresci e modifiquei-me com os dramas vivenciados pelos meus pacientes. Não conhecemos nossa verdadeira dimensão até que, pegos pela adversidade, descobrimos que somos capazes de ir muito mais além.

Recordo-me com emoção do Hospital do Câncer de Pernambuco, onde dei meus primeiros passos como profissional. ... Comecei a freqüentar a enfermaria infantil e apaixonei-me pela oncopediatria. Vivenciei os dramas dos meus pacientes, crianças vítimas inocentes do câncer. Com o nascimento da minha primeira filha, comecei a me acovardar ao ver o sofrimento das crianças.

Até o dia em que um anjo passou por mim! Meu anjo veio na forma de uma criança já com 11 anos, calejada por dois longos anos de tratamentos diversos, manipulações, injeções e todos os desconfortos trazidos pelos programas de químicos e radioterapias. Mas nunca vi o pequeno anjo fraquejar. Vi-a chorar muitas vezes; também vi medo em seus olhinhos; porém, isso é humano!

Um dia, cheguei ao hospital cedinho e encontrei meu anjo sozinho no quarto. Perguntei pela mãe. A resposta que recebi, ainda hoje, não consigo contar sem vivenciar profunda emoção.

— Tio, — disse-me ela — às vezes minha mãe sai do quarto para chorar escondido nos corredores.. . Quando eu morrer, acho que ela vai ficar com muita saudade. Mas, eu não tenho medo de morrer, tio. Eu não nasci para esta vida!

Indaguei:
— E o que morte representa para você, minha querida?

— Olha tio, quando a gente é pequena, às vezes, vamos dormir na cama do nosso pai e, no outro dia, acordamos em nossa própria cama, não é? (Lembrei das minhas filhas, na época crianças de 6 e 2 anos, com elas, eu procedia exatamente assim.)

— É isso mesmo.

— Um dia eu vou dormir e o meu Pai vem me buscar. Vou acordar na casa Dele, na minha vida verdadeira!

Fiquei "entupigaitado" , não sabia o que dizer. Chocado com a maturidade com que o sofrimento acelerou, a visão e a espiritualidade daquela criança.

— E minha mãe vai ficar com saudades — emendou ela.

Emocionado, contendo uma lágrima e um soluço, perguntei:

— E o que saudade significa para você, minha querida?

— Saudade é o amor que fica!

Hoje, aos 53 anos de idade, desafio qualquer um a dar uma definição melhor, mais direta e simples para a palavra saudade:é o amor que fica!

Meu anjinho já se foi, há longos anos. Mas, deixou-me uma grande lição que ajudou a melhorar a minha vida, a tentar ser mais humano e carinhoso com meus doentes, a repensar meus valores. Quando a noite chega, se o céu está limpo e vejo uma estrela, chamo pelo "meu anjo", que brilha e resplandece no céu.

Imagino ser ela uma fulgurante estrela em sua nova e eterna casa. Obrigado anjinho, pela vida bonita que teve, pelas lições que me ensinaste, pela ajuda que me deste. Que bom que existe saudade! O amor que ficou é eterno."

Saudade é o amor que fica.


terça-feira, novembro 20, 2012

Amigos, a votação será as 9:00 horas amanhã, vamos acompanhar todos na torcida azul!! Nosso PL 168/11 precisa de muitas orações mas mais ainda de ATITUDES!!!
Os senadores precisam ter as caixas lotadas para entender nossa força!! Liguem Alô Senado, mandem emails aos senadores pedindo aprovação já!! A LUTA CONTINUA COMPANHEIROS E SÓ POSSO AJUDAR SE A UNIÃO NOS FORTALECER!!!

O senador Lindberg está fazendo sua parte, NÓS PRECISAMOS FAZER A NOSSA!!!

//www.facebook.com/autismo.brasil1

Guirlandas de natal








segunda-feira, novembro 19, 2012

domingo, novembro 18, 2012


Serviço: Defensoria Pública de SP atende pessoas com deficiência com hora marcada




Serviço é realizado desde abril, mas o interessado deve declarar que quer o atendimento agendado.


Pouca gente sabe, mas desde abril de 2012, a Defensoria Pública do Estado, que atende gratuitamente, realiza atendimento diferenciado para pessoa com deficiência, com transtorno global de desenvolvimento (autismo) e idosos. Mas atenção: a pessoa deve declarar que quer o atendimento agendado.


Esse e outros serviços foram garantidos pela Deliberação nº 249, de 12 de abril de 2012, do Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado. Confira abaixo o inteiro teor deste dispositivo:


Deliberação CSDP nº 249, de 12 de abril de 2012


Dispõe sobre o atendimento diferenciado voltado a pessoas idosas, a pessoas com deficiência ou com transtorno global de desenvolvimento (TGD) no âmbito da Defensoria Pública do Estado


O CONSELHO SUPERIOR DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO,


CONSIDERANDO o poder normativo que lhe é conferido no art. 102 da Lei Complementar Federal nº 80, de 12 de janeiro de 1994 e no art. 31, inc. I, da Lei Complementar Estadual nº 988, de 9 de janeiro de 2006;


CONSIDERANDO a necessidade de proteção integral dos direitos do idoso, da pessoa com deficiência e da pessoa com Transtorno Global do Desenvolvimento (TGD) e as cláusulas constitucional e legal que lhes garantem prioridade no atendimento;


CONSIDERANDO que referida prioridade não pode ser entendida apenas em seu aspecto formal, com a garantia de senha preferencial, mas sim como adoção de meios que garantam o efetivo acesso aos direitos;


CONSIDERANDO a necessidade de disciplinamento de atendimento diferenciado, em razão de dificuldade e/ou impossibilidade de locomoção, acesso à informação e/ou comunicação, de modo a garantir o respectivo acesso à justiça aos idosos, às pessoas com deficiência ou com TGD em situação de miserabilidade ou em hospitais e demais entidades assistenciais ou congêneres,


DELIBERA:


Art. 1º São direitos dos idosos, das pessoas com deficiência ou com TGD, a serem observados nas Unidades de atendimento da Defensoria Pública do Estado de São Paulo:


I - A prioridade legal no atendimento por meio de senha preferencial;


II - A garantia de assentos reservados;


III - Atendimento “in loco”;


IV - Atendimento em horário diferenciado;


V - Acessibilidade física nos espaços de atendimento para pessoas com deficiência física, com mobilidade reduzida ou com deficiência visual;


VI - Acessibilidade à informação e comunicação para pessoas com deficiência auditiva ou surdez, garantindo-se atendimento com intérprete de LIBRAS ou servidores da DPESP com conhecimento da LIBRAS;


VII - Acessibilidade à informação e comunicação para pessoas com deficiência visual ou cegas, garantindo-se a disponibilidade de processos e informações essenciais em letra ampliada, em braille e/ou formato digital.


§ 3º - Para cumprimento do Inciso VI, na perspectiva de que os Usuários cegos tenham garantido o acesso aos processos e às informações, a Defensoria Pública disponibilizará recursos de Tecnologia Assistiva, como computador com leitor de tela e gabaritos para cegos assinarem documentos, entre outros.


Art. 2º Verificada a impossibilidade de locomoção ou a presença do idoso, da pessoa com deficiência ou com TGD no atendimento da Defensoria Pública, este será informado sobre a possibilidade de atendimento no local onde se encontra, caso não opte por constituir procurador.


Art. 3º A Coordenação da Unidade poderá autorizar a realização de atendimento inicial do idoso, da pessoa com deficiência ou com TGD, que em razão de sua condição pessoal de saúde, da ingestão de medicamentos ou da grave dificuldade de deambulação, não tiver condições de comparecer nos horários regulares, em horário previamente agendado durante o período de funcionamento da Defensoria Pública.


Art. 4º Para efeito de cumprimento dos Artigos 2º e 3º poderá o requerimento de atendimento em horário diferenciado ser deduzido pelo próprio interessado, por seu familiar, por procurador, por órgão ou entidade de atendimento, pelos órgãos de execução da Defensoria Pública, pelo Núcleo Especializado dos Direitos do Idoso e da Pessoa com Deficiência e pela Ouvidoria-Geral da Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

sábado, novembro 17, 2012

Autismo: Manuais para as Famílias e profissionais


“Informações e recomendações para pais com filhos com autismo, em especial os recém diagnosticados.”



Lista de manuais e guias para download:





De Volta à Escola para Crianças com Autismo


Baixe o guia com dicas para Reduzir o Estresse associado à Volta à Escola. 






Preparando-se para a Escola.


Baixe o guia de transição com dicas para alunos com autismo. 








Programa de Educação Individualizada (PEI).


Baixe programa de educação individualizada. 







Sobre o Kit de Ferramentas da Autism Speaks para a Comunidade Escolar.


Baixe o kit de Ferramentas da Autism Speaks para a Comunidade Escolar. 








Manual para as Famílias – Versão 2.0.


Baixe a nova versão 2.0 do Manual para as Famílias. 








Manual Transição para a Vida Adulta.


Baixe o manual sobre a transição para a vida adulta. 








Manual para Síndrome de Asperger.


Baixe o manual para saber mais sobre a Síndrome de Asperger. 









Manual para as Escolas.


Baixe este manual desenvolvido especialmente para escolas. 







Guia de Treinamento para os Cuidados com os Dentes.


Baixe o guia que explica o treinamento para os cuidados com os dentes. 







Guia de Treinamento para Corte de Cabelo.


Baixe o guia que explica o treinamento para corte de cabelo. 








NOVO: Cartilha – Direito das Pessoas com Autismo – Defensoria Pública do Estado de São Paulo; Movimento Pró Autista; Escola da Defensoria Pública do Estado;


A Autismo & Realidade foi autorizada pela Autism Speaks a traduzir e adaptar esse “Autismo: Manual para as Famílias” e publicá-lo no nosso site. Da mesma maneira que a versão original, afirmamos que esse manual traz informações gerais sobre autismo que consideramos necessárias e especialmente úteis para as famílias cujos filhos foram diagnosticados recentemente. Apesar do documento da Autism Speaks ter passado pelo crivo de profissionais altamente qualificados e pais, e de nessa edição brasileira termos tomado o cuidado de checar as informações acrescentadas e as adaptações à nossa realidade, recomendamos que você sempre use seus próprios critérios e verifique pessoalmente cada um dos serviços e instituições listados. O Site da Autism Speaks (www.autismspeaks.org) traz muitas informações confiáveis e atualizadas sobre autismo em inglês e espanhol.


http://www.autismoerealidade.com.br/informe-se/kit-primeiros-100-dias/