A mente que mente é regador de ilusões não faz proliferar jardim...

Amigos que agente faz por ai...

domingo, julho 31, 2011

Projeto:QUEM INVENTOU A MATEMATICA?

JUSTIFICATIVA:
O projeto surgiu do medo expressado pelas crianças da matemática, pelos receios expressados por elas, com relação a disciplina e para desmistificar este conceito  e demonstrar a praticidade e a presença da matemática no cotidiano, ou seja, ninguém vive sem ela.

OBJETIVOS GERAIS:
  • Que a criança compreenda essa ciência  como fazendo parte do cotidiano e reconheça  a necessidade de compreendê-la em todos os campos da vida.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
  • Definir medo.
  • Conhecer de maneira geral a história da matemática.
  • Pesquisar sobre alguns teóricos da matemática.
  • Construir uma linha do tempo sobre a matemática.
  • Construir e analisar gráficos e tabelas.
  • Pesquisar sobre a história dos números, reconhecendo sua importância na história mundial.
  • Descobrir atividades divertidas que envolvam matemática.

INTEGRAÇÃO FÉ E ENSINO:
A matemática é a ciência que rege o equilíbrio do universo, portanto Deus é matemático. Ele é preciso, não muda, e não varia conforme a situação.Portanto podemos confiar Nele e em seus desígnios para nossa vida.




METODOLOGIA:
  • Diagnosticar e enumerar as causas do medo.
  • Definir medo.
  • Diferenciar o que vem do medo do desconhecido e o que vem da tradição da matemática ser difícil.
  • Fazer pesquisa de campo sobre o medo da matéria dentro da escola.
  • Pesquisa junto aos pais.
  • Entrevistar um matemático.
  • Entrevistar alguns pais, sobre suas experiências escolares com matemática.
  • Construir gráficos e tabelas sobre as pesquisas, com estatísticas e porcentagens.
  • Visitar um laboratório de matemática, em uma faculdade.
  • Assistir a aulas de matemática em cada série do ensino fundamental e médio.
  • Discutir e relatar as atividades observadas nas aulas das outras séries.
  • Construir jogos de raciocínio lógico.
  • Estudar instrumentos que foram inventados para facilitar os cálculos matemáticos.
  • Pesquisar quais as atividades profissionais que mais utilizam à matemática.
  • Construir um livro sobre curiosidades matemáticas.


FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA:

  • Conforme as pesquisas feitas pelas crianças sobre a história dos números, a linha do tempo e curiosidades obtidas durante o projeto serão anexadas nesta parte.


TABELA CRONOLÓGICA DA MATEMÁTICA
(As datas anteriores a - 776 são apenas aproximações )
-50 000
Evidência de contagens
-25 000
Desenhos geométricos primitivos
-4241
Origem hipotética do calendário egípcio
-3000
Numerais hieroglíficos no Egito
-2773
Provável introdução do calendário egípcio
-2400
Notação posicional na Mesopotâmia
-1850
Papiro de Moscou (Golonishev); ciferização
-1100?
Chou Pei
 -585
Tales de Mileto; geometria dedutiva (?)
 -540
Aritmética e geometria pitagóricas (aprox.)
Numerais em barra, na China (aprox.)
Sulvasutras na Índia (aprox.)
 -450
 Terra esférica de Parmênides (aprox.)
 -430
 Morte de Zeno; obras de Demócrito
Astronomia de Filolaus (aprox.)
Os elementos de Hipócrates de Chios (aprox.)
 -428
 Nascimento de Arquitas; morte de Anaxágoras
-427
Nascimento de Platão
-420
Trissetriz de Hípias (aprox.)
Incomensuráveis (aprox.)
-369
Morte de Teaetetus
-360
Eudoxo sobre proporção e exaustão (aprox.)
-350
Menaecmus sobre secções cônicas (aprox.)
Dinostrato sobre quadratriz (aprox.)
-335
Eudemus: História da Geometria (aprox.)
- 330
Autólico: Sobre a esfera móvel (aprox.)
-320
Aristeu: Cônicas (aprox.)
-300
 Os elementos de Euclides (aprox.)
-260
Astronomia heliocêntrica de Aristarco (aprox.)
-230
Crivo, de Eratóstenes (aprox.)
-225
As cônicas de Apolônio (aprox.)
-212
Morte de Arquimedes
-180
Cissóide de Diocles (aprox.)
Conchóide de Nicomedes (aprox.)
Hipsicles e círculo de 360º (aprox.)
-150
Espiras de Perseus (aprox.)
-140
Trigonometria de Hiparco (aprox.)
- 60
Geminus sobre postulado das paralelas (aprox.)
+ 75
Obras de Heron de Alexandria (aprox.)
100
Nicómaco: Aritmética (aprox.)
Menelau: Esferas (aprox.)
125
Teon de Smirna e a matemática platônica
150
Ptolomeu: O Almajesto (aprox.)
250
Diofante: Aritmética (aprox. ?)
320
Papus: Coleções matemáticas (aprox.)
390
Teon de Alexandria (evidência)
415
Morte de Hipatia
470
Tsu Ch'ung-Chi: valor de (aprox.)
476
Nascimento de Aryabhata
485
Morte de Proclus
520
Antêmio de Trales e Isidoro de Mileto
524
Morte de Boécios
529
Fechamento das escolas de Atenas
560
Comentários de Eutócio sobre Arquimedes (aprox.)
628
Brahmasphuta siddhanta
662
0 bispo Sebokht menciona os numerais hindus
735
Morte do Venerável Beda
775
Obras hindus traduzidas para o árabe
830
AI-Khowarizmi: Algebra (aprox.)
901
Morte de Thabit ibn-Qurra
998
Morte de abu'I-Wefa
1037
Morte de Avicena
1039
Morte de Alhazen
1048
Morte de al-Biruni
1114
Nascimento de Bhaskara
1123
Morte de Omar Khayyam
1142
Adelar de Bath traduz Euclides
1202
Fibonacci: Liber abaci
1260
Trissecção de Campanus (aprox.)
Jordanus Nemorarius: Arithmetica (aprox.)
1270
Wm. de Moerbeke traduz Arquimedes (aprox.)
1274
Morte de Nasir Eddin
1303
Chu Shi-kié e o triângulo de Pascal
1328
Bradwardine: Liber de proportionibus
 1 336
 Morte de Richard of Wallingford
1360
Latitude de formas de Oresme (aprox.)
1436
Morte de al-Kashi
1464
Morte de Nicholas de Cusa
1472
Peurbach : Nova teoria dos planetas
1476
Morte de Regiomontanus
1482
Primeira impressão de Euclides
1489
Uso de + e - por Widmann
1492
Uso do ponto decimal por Pellos
1494
Pacioli: Summa
1525
Rudolff: Coss
1526
Morte de Scipione dal Ferro
1527
Apian publica o triângulo de Pascal
1543
Tartaglia publica o Arquimedes de Moerbeke
Copérnico: De revolutionibus
1544
Stifel: Arithmetíca integra
1545
Cardan: Ars magna
1557
Recorde: Whetstone of Witte
1564
Nascimento de Galileu
1572
Bombelli: Algebra
1579
Viète: Canon mathematicus
1585
Stevin: La disme
Relato de Harriot sobre "Virginia"
1595
Pitiscus: Trigonometria
1603
Morte de Viète
1609
Kepler: Astronomia nova
1614
Logaritmos de Napier
1620
Logaritmos de Bürgi
1629
Método de máximos e mínimos de Fermat
1631
Harriot: Artis analyticae praxis
Oughtred: Clavis mathematicae
1635
Cavalieri: Geometria indivisibilibus
1637
Descartes: Discours de la mëthode
1639
Desargues: Brouillon projet
1640
Essay pour les conipues de Pascal
1642
Nascimento de Newton
Morte de Galileu
1647
Morte de Cavalieri e de Torricelli
1655
Wallis: Arithmetica infinitorum
1657
Neil retifica sua parábola
1658
Relógio de pêndulo cicloidal de Huygens
1667
Gregory: Geometriae pars universalis
1668
Mercator: Logarithmotechnia
1670
Barrow: Lectiones geometriae
1672
Assassinato de De Witt
1678
Teorema de Ceva
1684
Primeiro artigo de Leibniz sobre Cálculo
1687
Principia de Newton
1690
Rolle: Traité dalgèbre
1696
Braquistocrona (BernouÍlis)
Regra de L'Hospital
1706
Uso de por William Jones
1715
Taylor: Methodus incrementorum
1718
De Moivre: Doctrine of Chances
1722
Cotes: Harmonia mensurarum
1730
Fórmula de Stirling
1731
Clairaut sobre curvas reversas
1733
Saccheri: Euclides vindicatus
1734
Berkeley: The Analyst
1742
Maclaurin: Treatise of Fluxions
1742
D'Alembert: Traüé de dynamique
1748
Euier: Introductio; Agnesi: Instituzioni
1750
Regra de Cramer; elipse de Fagnano
1759
Die fieye Perspektive de Lambert
1770
Trigonometria hiperbólica
1777
Problema da agulha de Buffon
1779
Bézout sobre eliminação
1788
Lagrange: Mécanique analytique
1794
Legendre: Éléments de géométrie
1795
Monge: Feuilles danalyse
1796
Laplace: Système du monde
1797
Lagrange: Fonctions analytiques
Mascheroni: Geometria del compasso
Wessel: Essay on . . . direction
Carnot: Métaphysique du calcul
1801
Gauss: Disquisitiones arithmeticae Carnot: Géométrie de position
1803
Carnot: Géométrie de position
1810
Volume I de Annales de Gergonne
1815
"The Analytical Society" em Cambridge Bolzano: Rein analytischer Beweis
1817
Bolzano: Rein analytischer Beweis
1822
Poncelet: Traité; séries de Fourier; teorema de Feuerbach
1826
Fundado o Journal de Crelle
Princípio de dualidade ( Poncelet, Plücker, Gergonne)
Funções eliticas (Abel, Gauss, Jacobi)
1827
Coordenadas homogêneas(Mõbius, Plücker, Feuerbach)
Cauchy: Calcul des Residus
1828
Green: Elecüicify and Magnetism
1829
Geometria de Lobachevsky
Morte de Abel aos 26 anos
1830
Peacock: Algebra
1832
Bolyai: Ciência Absoluta do Espaço
Morte de Galois aos 20 anos
1834
Steiner torna-se professor em Berlim
1836
Fundado o Journal de Liouville
1837
Cambridge and Dublin Mathematical Journa!
1843
Quatérnions de Hamilton
1844
Grassmann: Ausdehnungslehre
1847
Von Staudt: Geometrie der Lage
1852
Chasles: Traité de géométrie supérieure
1854
Habilitationschrift de Riemann
Boole: Laws of Thought
1855
Dirichlet sucede a Gauss em Gtittingen
1863
Cayley nomeado em Cambridge
1864
Weierstrass nomeado em Berlim
1872
Dedekind: Stetigkeit und irrationale Zahlen
Heine: Elemente
Méray: Nouveaux précis
Klein: Erlanger Programm
1873
Hermite prova que e é transcendente
1874
Mengenlehre de Cantor
1877
Sylvester nomeado em Johns Hopkins
1881
Gibbs: Vector Analysis
1882
Lindemann prova que é transcendente
1884
Frege: Grundlagen der Arithmetik
1888
Começos da American Mathematical Society
1889
Axiomas de Peano
1895
Poincaré: Analysis situs
1896
Provado o teorema dos números primos (Hadamard e De la Vallée Poussin)
1899
Hilbert: Grundlagen der Geometrie Problemas de Hilbert
1900
Problemas de Hilbert
Volume I de Russell e Whitehead: Principia
1903
Integração de Lebesgue
1906
Cálculo funcional (Fréchet)
1907
Brouwer e intuicionismo
1914
Hausdorff: Grundzüge der Mengenlehre
1916
Teoria geral da relatividade de Einstein
1917
Hardy e Ramanujan sobre teoria dos números
1923
Espaços de Banach
1930
Weyl sucede a Hilbert em Gottingen
1931
Teorema de Gõdel
1933
Weyl se demite de Gottingen
1934
Teorema de Gelfond
1939
Volume I de Bourbaki: Éléments
1955
Álgebra homológica (Cartan e Eilenberg)
1963
Paul J. Cohen sobre a hipótese do continuum
1966
15 ° Congresso Internacional de Matemática ( Moscou)



 COLÉGIO ADVENTISTA DE JOINVILLE - UNIDADE SAGUAÇU
    Rua: Casemiro de Abreu, 100 - Fone/Fax: (47) 34722546
CEP: 89221 – 356 www.caj.org.br








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog foi criado para trocar idéias e compartilhar saberes. Que bom que você passou por aqui se desejar deixe um recadinho...
E desde então, sou porque tu és
E desde então és
sou e somos...
E por amor
Serei... Serás...Seremos...
Pablo Neruda
OBRIGADA PELA LEITURA...

Postar um comentário